O casal Tomita!

Casal Tomita

Cheguei na casinha rodeada de natureza  em Vargem Grande Paulista. Lá estavam Toshie e Gituso Tomita na porta.

Ali me senti num outro tempo que não é o mesmo que me rege. Eles vivem no tempo do plantar e colher.

Convivência íntima e diária com a natureza. Produzir para vender. Muito trabalho a vida toda.

Ela é miúda, só de corpo. Gigante e delicada mulher. Ficou vários anos no Japão numa rotina estafante de trabalho, para ajudar a família.

Três filhos, um altar para os antepassados na cozinha. Amam música. Tem um teclado na casa. Ambos tocam.

Nele sempre vejo o sorriso, o humor inteligente. Fez questão de nos acompanhar pela estrada que escurecia. Olhamos para trás, Toshie vinha apressada para nos encontrar. Tínhamos esquecido os presentes que nos deram. Tão generosos.

Vendem na EcoFeira na Granja Viana, quinzenalmente. A roça é do tamanho da força deles, uma vez que trabalham sozinhos. Tem lá também flores de corte que naqueles dias uma vizinha encomendou. Colheram muitas. Primeiro prêmio da melhor alcachofra na década de 60. Plantam atualmente berinjela, orégano, aspargo, alface, bardana, hortelã…

Quando a família dele veio para o Brasil era a época da Segunda Guerra, foram acolhidos com desconfiança em Itapecerica da Serra. Por isso resolveram enterrar seus livros que tinham trazido. Que pena! a umidade estragou aquele tesouro.

Ambos nasceram no Brasil. Ela em 42 e ele em 39. A família dela veio no famoso navio Kasato Maru, que em 1908 trouxe os primeiros imigrantes japoneses.

É muito bom estar perto deles. Ela é uma graça, ele é um gentleman. Ele é muito curioso com a tecnologia, política. Ela é da cozinha e sua alquimia, fala das  amigas, das relações, filosofa. São abertos, acolhem. Com ela, olhos nos olhos; com ele, sorriso que contagia. Lindos!


Conheça os produtos do casal Tomita.

 

Jany Vargas
Últimos posts por Jany Vargas (exibir todos)