Yola

“Acredito que chegar aqui foi um chegar lá..”

Yola  por Yolanda

Essa frase da Yola já nos antecipa que temos o privilégio de conhecer e conviver com uma dama, aquelas que usam luva de seda em mãos de aço.

Aquariana, batista.

Ascendência húngara. Seu avós fugiram da guerra e vieram a Brasil.

Yola, surgiu porque a sua família húngara a chamava de Yolo, as pessoas no Brasil o adaptaram e se impus o apelido Yola.

Mulher de uma força e determinação única, mas não perde a sensibilidade e emoção ao abordar certos temas.

Yola , a mulher, seus gostos hobbies, os  mistérios…

Seu stress desaparece quando ela se concentra na cozinha e na preparação de comidas. Sem dúvida é um suporte emocional, decisivo.

Ela gosta muito de flores, de mexer no jardim embora não tem muito tempo para isso.

Os aromas que a fascinam são os suaves, delicados. Não se prende a marcas senão a essências. Mulher “ pé no chão”, incansável, humana, solidaria e prestativa.

Quando achei que já conhecia muito dela… uma surpresa, ao perguntar o tipo de música que escuta… aquela quituteira concentrada, serena, observadora me olha e diz:

Rock!

Também MPB.

Seus ídolos. Pensou, pensou e consegui que balbucie… Obama. De fato, ele fez um bom governo para o seu país.

Já foi – de solteira – habitué de cinemas e teatros, agora não mais. Mesmo assim, admira a Fernanda Montenegro como atriz e pessoa.

Seu gosto culinário… parece gostar de tudo e comer variadíssimo. Ah!!!!!!!!!!!! Lembro, não suporto jiló.

Reflexiona sobre a qualidade dos orgânicos embora não seja possível sempre e em tudo momento pelo preço. Isso não quita que considere que é um diferencial considerável para   a saúde e para o paladar.

Yola, a Família

Sua avó cozinhava muito bem e na sua família, semanalmente   sempre saboreavam uma ou duas sobremesas além das frutas.

Sem dúvida, embora de adolescente não ligava para a cozinha, o DNA já estava latente e influencio nas suas escolhas e até hoje, seu rosto muda, quando fala do seu amor pela cozinha.

Tem duas filhas, três netos. (Um rapaz de 17 anos, e duas meninas de 6 e 2 anos). A netinha do meio até à par de seus quitutes e acaba resultando uma excelente difusora de seus dotes culinários. Carinhosamente Yola diz que também é “ boa de boca” .

Suporte afetivo e emocional de cada um dos integrantes de sua família, admirada por sua fortaleza. Exemplo para cada um deles.

A discrição, paciência são outras características marcantes na sua personalidade.

Exemplos… muitos. Só compartilho um:

Seu trato é firme e efetivo…aparece a netinha e solicita ajuda para a lição.

Yola se inclina, com poucas palavras da a resposta que a neta precisava e arranca um sorriso de segurança nela.

Yola, sua trajetória

Mora na Granja faz muitos, muitos anos.

Morando na Granja Viana II,   atendia no seu salão de cabelereira na própria casa. As circunstancias do próprio Condomínio e até situações familiares fizeram que depois de alguns anos…. tivesse que abandonar essa profissão.

Procurou cursos, se informou e tentou se atualizar na nova  área  e abandonou o salão de Cabelereira

As filhas em idade escolar, Yola fazia os bolos para cada aniversário. Convidados e amigas deliciadas com esses bolos começaram a encomendar.

Inicialmente era uma troca de favores entre amigas, aos poucos se transformou na sua profissão e continua até hoje.

Ela participava de bazares, sempre recomendada por amigas que se deliciavam com seus pratos.

Yola,  e a  Eco Feira

Participa da Eco Feira faz sete anos   e sente um afeto especial por todos os feirantes e colaboradores da mesma.

Atualmente, tem muito orgulho de se referir a sua clientela fiel conseguida de boca em boca.

Quando perguntei o que gostaria de falar sobre a Eco Feira pensou, pensou e diz:

“Pouca difusão, não facilitam nem a colocação e retirada das faixas, na Granja e bairros vizinhos, anunciando a Eco Feira. Por isso, muita gente nem sabe que existe”.

Motivo pelo qual se mostrou saudosista do início da Eco Feira no Colégio da Granja. Comentou que o público era bem maior e a difusão excelente.

Sobre as barracas de Eco Feira, imagina que a presença de mais artesanais poderia ser um excelente atrativo.


Conheça os produtos da Yola.

 

Mónica Palacios
Últimos posts por Mónica Palacios (exibir todos)